Manchas na Pele: Saiba identificar cores e tipos

Manchas na Pele: Saiba identificar cores e tipos

Não é só de aparência que se vive e, por isso, as manchas na pele deixaram há muito tempo de ser uma preocupação meramente estética.

Manchas marrons, brancas, vermelhas, são tantos tipos e podem querer dizer muitas coisas sobre nós, nossa saúde e os nossos hábitos.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, as manchas são um desequilíbrio da produção de melanina da pele.

Esse desequilíbrio pode produzir manchas claras (hipercromia) ou escuras (hipocromia) e têm causas e tratamentos bastante diferentes.

Você sabe identificar as diferentes cores e tipos de manchas?

Contamos aqui o podem ser algumas das manchas na pele mais comuns:

Manchas Marrons / Castanhas:

As manchas de cor marrom são as mais comuns e são divididas basicamente entre Melanoses, Fitofotodermatose, Efélides e Melasma:

Melanoses:

Manchas nas mãos

As Melanoses são as manchas marrons ligadas à exposição solar e aparecem geralmente nas mãos, costas, dorso e pescoço. 

Podem surgir em homens e mulheres acima de 40 anos ou antes disso em pessoas com pele mais clara e sensível à exposição solar.

Embora as manchas de melanoses sejam difíceis de tratar e clarear com dermocosméticos e procedimentos estéticos, não são manchas cancerígenas.

Fitofotodermatoses

Sabe aquela mancha de limão que não sai tão fácil? São as chamadas fitofotodermatoses.

Essas manchas são queimaduras causadas por uma reação química dos compostos da fruta com os raios UV e, diferentemente das melanoses, desaparecem sozinhas.

Para tratar basta aplicar um protetor solar de alto fator para evitar que a queimadura se agrave.

Efélides

As manchinhas efélides são as famosas sardas, tão adorada por uns e tão odiada por outros.

Essas manchas têm origem genética, aparecem normalmente em pessoas com tom de pele mais claro e se agravam com a exposição solar.

Melasma:

Já o conhecido melasma são manchas marrons que aparecem no rosto e estão ligadas não só à exposição solar, mas também a fatores hormonais e genéticos.

Falamos mais sobre esse tipo de manchas na pele nesse post aqui sobre o que é e como tratar o problema. 

Não deixe de ler para conhecer também nossas dicas sobre melhores cremes antimanchas!

Manchas Brancas:

Pano branco

Ao se deparar com manchas brancas, muita gente associa aos problemas de psoríase ou vitiligo.

Entretanto, nem sempre o aparecimento dessa falta de pigmentação pode ser sinal de problemas mais graves.

As manchas podem ser as chamadas sardas brancas, que aparecem com a idade e são totalmente inofensivas, também causadas pelo sol.

Além disso, podem também significar uma doença causada por fungo, chamada de pitiríase ou pano branco. 

O pano branco se alastra rapidamente e deve ser tratado por dermatologistas com cremes antifúngicos.

De qualquer forma, ainda que pareça inofensiva e fácil de tratar, a pitiríase chama muita a atenção ao funcionamento do sistema imunológico.

Isso porque que normalmente ataca pessoas com a imunidade baixa, por isso, atenção ao estresse, hábitos alimentares, uso do cigarro e outras doenças que podem baixar a imunidade!

Manchas Vermelhas

Manchas de Rosácea

As manchas na pele avermelhadas são, normalmente, associadas à dermatites, alergias e à pele sensível, atópica e reativa.

Quem tem rosácea também é frequentemente atacado por essas manchinhas incômodas. 

Por falar em rosácea, vem saber tudo sobre essa condição e como tratar nesse post aqui!

A acne também pode causar manchas vermelhas por consequência das inflamações e, se não forem tratadas, podem se tornar marrons com a exposição aos raios UV.

Manchas com tom avermelhado também podem ser sinônimo de excesso de insulina no corpo.

Geralmente pessoas diabéticas notam o aparecimento dessas manchas em regiões como o pescoço, axilas e pernas.

Por isso, independentemente da causa do aparecimento dessas manchas, consulte sempre um dermatologista para receber o tratamento adequado.

Manchas Pretas:

Melanoma

Essas sim são manchas para se preocupar!

É verdade que normalmente as manchas pequenas pelo corpo e pintas de nascença tem essa coloração e, nem sempre são sinais de algo pior.

De qualquer forma, se notar algum desses sinais, ligue o seu alerta vermelho:

  • pinta muito escura
  • formato irregular
  • coceira ou sangramento
  • aumento de tamanho
  • lesão plana ou alta
  • variação de cores de preto para avermelhado


Esse tipo de mancha normalmente significa um melanoma, ou seja, uma mancha característica do câncer de pele.

Nesse caso, consulte rapidamente um dermatologista para verificar a mancha na pele e receber um rápido diagnóstico e tratamento.

Por último, as manchas de câncer também podem ter aspecto avermelhado, portanto, fique atento aos mesmos sinais citados anteriormente.

Seja como for, o importante é atuar de forma preventiva, evitando que as manchas apareçam!

Já viu nosso post em que revelamos 3 dicas para prevenir as manchas? Clique aqui para ler!

Para um tratamento despigmentante, temos uma grande variedade de produtos dermocosméticos importados!

Acesse aqui para conhecer todos os produtos antimanchas disponíveis na Cosmetis!

Leave a Reply

Your email address will not be published.